Arquivo da Categoria: Bullet Journal

DESAFIO 7 DIAS COM UM BULLET JOURNAL

Olá! Venho fazer-te um convite especial.

Este convite é para ti se queres começar a usar um Bullet Journal, mas não sabes por onde começar. Ou queres criar o hábito de anotar tudo e não consegues. Se vais iniciar o ano lectivo em Setembro, vais adorar! Também pode ser o desafio ideal se começas o ano no mês de Setembro. Sou dessas, mais alguém?

O que é um Bullet Journal? É um método de organização. Um caderno que pode ser a tua agenda, lista de tarefas e eventos, diário, tabela de hábitos, listas várias, tudo o que quiseres! Podes ler o livro escrito pelo criador do método, basta comprar o livro no site WOOK: clica aqui ( se comprares através deste link estás a apoiar este desafio e o meu trabalho como criadora de conteúdo).

Chama-se Desafio 7 Dias com um Bullet Journal. Acontece ao longo de uma semana, com um desafio diário e sugestões para cada um. Os desafios são simples e irão ajudar-te no processo de criar e preparar um novo ano lectivo 2019/2020 com a ajuda do teu Bullet Journal.

O desafio começa no dia 26 de Agosto e vai até ao dia 1 de Setembro. Desta forma podes começar o mês de Setembro super motivada e organizada. Usa a hashtag #7diasbujo. Pesquisei e ninguém tem fotos com essa hashtag. Fica mais fácil ver as fotos partilhadas. Não se esqueçam que é um desafio colectivo e todas as partilhas são úteis. Diariamente farei questão de divulgar nos meus stories quem está a participar. Estão tão empolgada!

Neste desafio irás aprender a criar um tracker, uma colecção e planear o mês e a semana. Entre outras coisas. Não te esqueças que precisas apenas de um caderno e de uma caneta para começares. Se quiseres podes dar asas à tua criatividade e elaborar com canetas lindonas e stickers engraçados. Tu é que escolhes!

Se por ventura encontraste este desafio ao longo do ano, também podes usá-lo para começares o teu Bullet Journal, basta adaptares alguns dias para o momento que estejas a viver.

Se te juntares agora ao desafio, podes encontrar-me no Instagram (@amaorganizacao.pt). Farei stories para te mostrar várias ideias para os layouts, farei directos/lives e responderei a todas as dúvidas ao longo do desafio. Preparada?

Sugestões de leitura

TUDO SOBRE BULLET JOURNAL

Vais ficar a saber de tudo sobre o método mais eficaz e versátil do planeta. Vou contar-te tudo sobre Bullet Journal. O que é um Bullet Journal? Para que serve e como podes usar e adequar à tua realidade.

O Ama Organização é mais do que uma página de organização. O meu maior objetivo é incentivar-te a fazer algo pelos teus dias de forma a serem mais organizados e leves. Não quero que este espaço seja simplesmente um espaço com dicas de organização porque a maior dificuldade é ter motivação para as realizar. Quero mostrar-te que é possível teres um projeto teu, que podes gerir o teu tempo de forma a atingires as tuas metas.

Uso o Bullet Journal como método de organização há cerca de cinco anos e quero partilhar contigo como faço para organizar o conteúdo dos meus projetos e conseguir colocar em prática todo o conteúdo.

São várias as redes sociais para administrar, e muito conteúdo para preparar. E como a maior arma do sucesso é a consistência preciso de estar bem organizada para não falhar convosco uma única semana.

No Instagram @amaorganizacao.pt encontras conteúdo regular e muita partilha referente aos meus dias. No canal do Youtube Cláudia Oliveira encontras um vídeo todas as segundas feiras. O podcast Ama Organização tem um episódio novo todas as sextas feiras. No blog encontras conteúdo regularmente.

VÍDEOS ONDE ENCONTRAS TUDO SOBRE BULLET JOURNAL

É com o Bullet Journal que eu costumo organizar todo o conteúdo e registar tudo o que preciso. Preparei vários vídeos sobre o método para esclarecer as tuas dúvidas e contar-te tudo sobre Bullet Journal. Encontras a lista de reprodução sobre o Bullet Journal AQUI


Neste vídeo explico o que é um Bullet Journal e para que serve. Este projeto tem dicas sobre gerir o tempo, planear e organizar.



Neste vídeo dou uma sugestão para começares o teu Bullet Journal.




Será que é necessário ter um Bullet Journal para organizares as tuas ideias?



Como definir tarefas com a ajuda do Bullet Journal



No meio de tantas listas e coleções será que é fácil não ficar tudo uma confusão? Qual será o truque? Deves abrir coleções de que forma? Misturar ou tem um critério? Explico tudo neste vídeo!

Estão disponíveis 5 vídeos sobre Bullet Journal para conseguires começar o teu. Respondo às dúvidas que normalmente me colocam através de mensagem e e-mail. Faço questão que os vídeos estejam separados por temas de forma a ser mais simples de visualizar e para não ficarem aborrecidos. Ando a testar novos cenários e com o tempo melhorar o material que eu uso. Estou a tirar um curso de edição de vídeo de forma a melhorar as condições do conteúdo que eu entrego.

GOSTAS DO MEU CONTEÚDO?

Para apoiarem o meu trabalho é importante para mim que os seguidores que gostam do conteúdo subscreverem o canal e deixarem o like nos vídeos. Só desta forma o meu canal poderá crescer dentro da plataforma e eu percebo se devo continuar a fazer vídeos sobre estes temas.

Também encontras mais textos (com imagens) sobre Bullet Journal no blog. Podes clicar AQUI para teres acesso a tudo. Se gostaste dos textos e queres incentivar os teus amigos a começar um Bullet Journal partilha este post com tudo sobre o método. Se tiveres mais alguma dúvida podes enviar-me uma mensagem ou deixar um comentário.

Espero que este post tenha sido extremamente útil e comeces hoje mesmo o teu Bullet Journal. Tudo organizado, tudo motivado.

3 Livros Sobre Organização

Para quem gosta de ler livros sobre organização vai gostar das minhas sugestões. São três livros sobre organização para as várias vertentes da nossa vida: profissional e pessoal.

Por vezes a vida é tão agitada, somos confrontadas com tanta informação que é difícil saber por onde começar. Estes livros trazem informação, dão a conhecer técnicas eficazes que eu mesma utilizo.

O Método Bullet Journal, Ryder Carrol (comprar livro)


O livro explica passo a passo como começar um Bullet Journal. Mostra como podemos alcançar os nossos objetivos através do método, como planear uma viagem, como criar coleções e listas. Também explica os símbolos usados, a forma correta de fazer o registo diário, o planeamento anual, entre outras vertentes. Tem ilustrações como exemplos, nada fica por explicar. No final do livro, existe um cantinho dedicado à comunidade e responde às perguntas mais frequentes. Podem ler mais sobre este livro AQUI.


Organize a sua Casa, Paulina Draganja (comprar livro)

Este livro ajudou-me bastante na preparação e organização da minha casa. É um livro ótimo para começar a organização espaço a espaço ao longo de 52 semanas, com uma linguagem super simples. Dá uma orientação perfeita e tem dicas muito úteis. Gosto muito deste livro e recomendo para uma fase inicial de organização para a casa.

A Arte de Organizar a Sua Vida, Hideko Yamashita (comprar livro)

Este livro apresenta o método Dan-sha-ri. Obriga-nos a questionar se determinada coisa é adequada para nós ou não. Dan-sha-ri é uma técnica de seleção das coisas. Serve para afastar da nossa vida qualquer coisa que não seja essencial, quer sejam objectos, pensamentos negativos ou pessoas. Se organizamos as tralhas da casa, organizamos também as tralhas do coração. São dicas simples, e de fácil implementação. A minha opinião AQUI.

dia-da-mulher-billboard

BULLET JOURNAL | Registo Mensal e Registo Diário | parte II

Depois do Índice e do  Registo Futuro, vem o Registo Mensal. Numa página em branco damos inicio ao mês, colocando os dias do mês na diagonal. Na página seguinte, colocamos os objectivos relativos ao mês iniciado. Eu coloquei a lista de livros que pretendo ler e dos textos que pretendo escrever no blog. Deixei um cantinho para as notas.

Depois do Registo Mensal, é preciso começar o Registo Diário. Será o espaço para colocarmos o planeamento diário, ou as tarefas agendadas. Normalmente eu crio o Registo Diário para uma semana, de forma a planear a semana completa. O Registo Diário é só iniciar com o dia, como mostro na foto.

IMG_20181206_173840_194.jpg

No final, é necessário registar o Registo Mensal, ou seja, o nome do mês, no Índice. O registo diário não vai para o Índice, porque basta sabermos quando começa o mês para não ficarmos perdidos.

BULLET JOURNAL: Como começar

Depois de ler O Método Bullet Journal, do autor e criador Ryder Carroll, comprei o meu novo caderno Leuchtturm 1917 para começar o ano de 2019. Quero seguir o método o mais próximo possível da ideia do criador. Quando postei foto do livro no Instagram (@amaorganizacao.pt)algumas pessoas mostraram curiosidade.

Desta forma, decidi iniciar o meu bujo (Bullet Journal para os amigos) juntamente com os seguidores. Fiz algumas stories/histórias com os primeiros passos, mas quero deixar registado no blog para toda a gente conseguir acompanhar.

O primeiro passo é criar o índice e enumerar as páginas. O índice é importante para ninguém se perder ao longo do ano, é onde colocamos todas as coleções e listas. O índice pode ter as páginas 1-4. O Bullet Journal começa verdadeiramente na página 5. No caso do meu caderno, o índice está criado.

Deixei a primeira folha depois do índice em branco para fazer uma decoração alusiva ao ano de 2019. Logo depois fiz o Registo Futuro. É a melhor forma de visualizar o ano inteiro separado por meses. Aproveitei logo para registar os aniversários e as férias. Para fazer o Registo Futuro é só criar algumas linhas e colocar três meses por página. Depois basta registar no Índice com as páginas correspondentes.

Por hoje chega, vamos aos poucos. Não percas o próximo texto sobre o Bullet Journal, com o próximo passo: Registo Mensal e Registo Diário.

O MÉTODO BULLET JOURNAL DE RYDER CARROLL

Comprar livro

Data de lançamento: Novembro 2018

Editora: Lua de Papel

Uso Bullet Journal há cerca de quatro anos. Comecei depois de ter sido mãe pela primeira vez e apaixonei-me pelo método. O que mais gostei foi a flexibilidade de ter uma agenda e diário num só caderno. Para além de me dar hipótese de criar tudo o que me fizesse falta com o decorrer dos meses. A agenda tem um padrão, não dá a mesma liberdade criativa de um Bullet Journal.

Comecei por ver vários vídeos sobre o assunto e a copiar algumas ideias. Mas o método não está ligado ao que vemos atualmente. Os Bullet Journal que vemos por aí são coloridos, cheios de imagens e as pessoas caem no erro de pensar que é só para quem tem sabe desenhar ou fazer letras bonitas. Não é. O livro O Método Bullet Journal, escrito pelo criador do método mostra que ninguém precisa de ser artista para começar um Bullet Journal. Basta um caderno qualquer e uma caneta.

Uma das coisas que mais me impressionou foi como nasceu a ideia do Bujo ( nome que se dá ao Bullet Journal). Ryder Carroll foi diagnosticado com Distúrbio do Défice de Atenção na escola primária, nos anos 80. Nasceu da sua necessidade de lidar com as suas dificuldades em concentrar e organizar.

“Através de tentativas e muitos erros, criei gradualmente, no meu velho caderno de apontamentos, um sistema que funcionava. O caderno tornou-se numa mistura de agenda, diário, caderno de apontamentos, listas de tarefas e livro de desenhos. Transformou-se numa ferramenta prática, mas piedosa, de organizar a minha mente impaciente.”

O método tem uma forma muito especifica de funcionar. É super adaptável às necessidades de cada um. E ajuda a focar no presente. O tempo que dedicamos a criar o Bujo é tempo que gastamos a suprir as nossas necessidades, a parar para refletir sobre os nossos objetivos e metas. Para além disso, se tivermos um Bullet Journal por ano, acabamos por ter a nossa vida toda documentada. Para quem tem um blog, e trabalha com criação de conteúdo, é uma ferramenta muito útil.

O livro explica passo a passo como começar um Bullet Journal. Mostra como podemos alcançar os nossos objetivos através do método, como planear uma viagem, como criar coleções e listas. Também explica os símbolos usados, a forma correta de fazer o registo diário, o planeamento anual, entre outras vertentes. Tem ilustrações como exemplos, nada fica por explicar. No final do livro, existe um cantinho dedicado à comunidade e responde às perguntas mais frequentes.

Foi uma leitura super informativa e enriquecedora. Aprendi com detalhe a usar melhor o meu Bullet Journal. Entretanto, aproveitei uma promoção na Fnac e comprei o meu novo caderno para 2019. Vou ter uma agenda para a vida pessoal (consultas, reuniões, etc…) e um Bujo para a criação de conteúdo (projetos, ideias, listas,…). Pretendo trazer mais conteúdo para o blog sobre o assunto. Sei que muita gente gosta! Quero partilhar convosco como vou começar o meu Bujo de 2019, partilhar as listas e coleções. Vou seguir ao máximo as dicas deste livro. Seguramente um livro para consultar muitas vezes.

Este livro é ideal para quem quer começar um Bullet Journal ou para quem adora o método e quer aprofundar mais sobre o assunto. Super recomendo.